top of page
PRODUÇÕES DA REIPPE

ABRAMOVAY, M.; PAIN, J.  La escuela y su violencia: el paralelismo Francia-Brasil. In: Seminario Regional Entornos Educativos Promotores de Convivencia Democrática, organizado conjuntamente con el Consejo de Educación Inicial y Primaria (CEIP) de la Administración Nacional de Educación Pública (ANEP), Montevideo, 2018.

 

BATISTA, A. A. G.; MELLO, H. D. A.; FREITAS, P. F.; RIBEIRO, V. M.; GUSMAO, J. B.; BARRETTO, E. S.; LUGLI, R. S. G.; NOVAES, L. C.; ALTENFELDER, A. H. Currículos para os anos finais do Ensino Fundamental: concepções, modos de implantação e usos. Estudos e Pesquisas Educacionais, v. 5, p. 15-144, 2015.

 

BATISTA, A. A. G.; BARRETTO, E. S. S.; GUSMÃO, J. B.; RIBEIRO, V. M. Renovação dos documentos curriculares dos anos finais do ensino fundamental nos estados brasileiros: (2009-2014). Cadernos Cenpec, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 138-165, 2015.

 

BARTHOLO, Tiago Lisboa; KOSLINSKI, Mariane Campelo. A pandemia e as desigualdades de oportunidades de aprendizagem na educação infantil. Estudos Em Avaliação Educacional, 2021.

 

BONAMINO, A.; PAES DE CARVALHO, C.; RIBEIRO, V. M.; OLIVEIRA, B. Implementação de Políticas Educacionais: debates teóricos e problematizações. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa - RETEPE, v. 4, p. 1-3, 2019.

 

BOULLOSA, Rosana de Freitas; OLIVEIRA, Breynner Ricardo; ARAÚJO, Edgilson Tavares; GUSSI, Alcides Fernando. Por um antimanual de avaliação de políticas públicas. Revista Brasileira de Avaliação, 2021.

 

BRAVO, M. H. A.; RIBEIRO, VANDA MENDES.; CRUZ, M. C. M. T. O programa Aprendizagem na Idade Certa (Paic) segundo artigos acadêmicos brasileiros. Política e Gestão Educacional (ONLINE), p. 2910-2932, 2021.

 

​CALDERON, A. I.; RAQUEL, B. M. G.; CABRAL, E. S. O Prêmio Escola nota 10: meritocracia e cooperação para a melhoria do desempenho escolar. Ensaio, Fundação Cesgranrio (Impresso), v. 23, p. 517-540, 2015.

 

CALDERON, A. I.; FEDRE, J. P. José Querino Ribeiro: O fayolismo na administração escolar e a defesa da eficiência dos serviços educacionais. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 32, p. 358-604, 2016.

 

 

CALDERÓN, Adolfo-Ignacio; BORGES, Regilson Maciel. Políticas de formação docente: Confrontos e tensões no Estado de São Paulo no início da década de 2010. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 37, p. 1-15, 2021.

 

CASTRO, Mary Garcia; ABRAMOVAY, Miriam. Gênero e cuidado em políticas: salas de acolhimento do projovem urbano. Cadernos de Pesquisa, v.47, n.163, p.264-291, 2017.

 

COSTA, M.; KOSLINSKI, M. C. Quase-mercado oculto: disputa por escolas "comuns" no Rio de Janeiro. Cadernos de Pesquisa, v.41 n.142, 2011.

 

COUTINHO, A. S. As políticas para a educação de crianças de 0 a 3 anos no Brasil: avanços e (possíveis) retrocessos. Laplage Em Revista, v.3, n.1, p.19-28, 2017.

 

COUTINHO, A. S.; ALVES, T. Desigualdade de acesso à Educação Infantil: uma análise da da meta 1 do PNE na região metropolitana de Maringá. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 35, n. 75, p. 194-217, 2019.

 

COUTINHO, A. S.; MORO, Catarina. Educação infantil no cenário brasileiro pós golpe parlamentar: políticas públicas e avaliação. Revista Zero-a-Seis (FLORIANÓPOLIS), v. 19, p. 349-360, 2017.

 

COUTINHO, A. S.; SILVEIRA, A. D. As políticas de priorização para acesso ao direito à educação infantil em creches. Revista Trama interdisciplinar, v. 7, p. 64-84, 2016.

 

COUTINHO, Ângela Scalabrin; CARDOSO, Cintia. A educação e o cuidado dos bebês na pandemia: uma análise a partir das relações geracionais, raciais e de gênero. Revista Zero-a-Seis, Florianópolis, v. 23, n. Especial, p. 175-194, 2021.

 

COUTINHO, Angela Scalabrin; TOMÁS, Catarina. O lugar das crianças de 0 a 3 anos nas políticas educacionais no Brasil e em Portugal. LAPLAGE EM REVISTA, v. 4, p. 123-132, 2018.

 

CRUZ, M. C. M. T.; FARAH, M. F. S.; RIBEIRO, V. M. Estratégias de Gestão da Educação e equidade: o caso do Programa Aprendizagem na Idade certa (mais PAIC). POLÍTICA E GESTÃO EDUCACIONAL (ONLINE), p. 1286-1311, 2020.

 

DI GUSTO, Silvana Menegoto Nogueira; RIBEIRO, Vanda Mendes. A interferência da vulnerabilidade social sobre as oportunidades educacionais nos territórios urbanos. EDUCACAO EM PERSPECTIVA (ONLINE), v. 10, 2019.

 

DI GUSTO, Silvana Menegoto Nogueira; RIBEIRO, Vanda Mendes; VOVIO, C. L. A implementação do Pnaic em território vulnerável no município de São Paulo. Revista Ibero-Americana De Estudos Em Educação, v. 16, p. 2148-2178, 2021.

 

DONOSO-DÍAZ, Sebastian, ROJAS, Óscar Arias; ARAYA, Daniel Reyes. Orçamento da educação pública e macro-política educacional chilena: resultados e discussões. Cadernos de Pesquisa, v. 51, 2021.

 

DONOSO-DÍAZ, Sebastian, ROJAS, Óscar Arias; ARAYA, Daniel Reyes.Tendencias del financiamiento público y dilemas de la política educacional chilena (1999-2018). Lecturas de Economía, p. 167–197, 2021.

 

FERNANDES, F. S. A educação infantil na agenda: a definição da política pública. Cad. Retratos da Escola. v.11, n.20, p. 189-202, 2017.

 

FERNANDES, F. S.; DOMINGUES, J. R. Educação infantil no estado de São Paulo: condições de atendimento e perfil das crianças. Educ. Pesqui. [online], vol.43, n.1, p.145-160, 2017.

 

FERNANDES, F. S.; GIMENES, N.; DOMINGUES, J. R. Mulheres e filhos menores de três anos: condições de vida. Cad. Pesqui. [online]. vol.47, n.163, pp.320-341, 2017.

 

FERNANDES, Fabiana Silva. Algumas reflexões em torno da análise epistemológica de políticas educacionais. Revista de estudios teóricos y epistemológicos en política educativa, v.3, 2018, p.1-19.

 

​FERNANDES, F. S. Capacidade institucional: uma revisão de conceitos e programas federais de governo para o fortalecimento da administração pública. Cad. EBAPE.BR [online]. vol.14, n.3, pp.695-704, 2016.

FERNANDES, P.; BARTHOLO, T. L. ; KOSLINSKI, M. C. Aprendizagem na Educação Infantil e Pandemia: Um estudo em Sobral/CE, 2022. (Relatório de Pesquisa).

 

FICHTER FILHO, G. A.; OLIVEIRA, B. R.; COELHO, J. I. F. A trajetória das diretrizes curriculares nacionais para a formação docente no Brasil: uma análise dos textos oficiais. Revista ibero-americana de estudos em educação, v. 16, p. 940-956, 2021.

 

FRANCO, K. O.; CALDERÓN, A. I. O Simave à luz das três gerações de avaliação da educação básica. Estudos em Avaliação Educacional (Online), v. 28, p. 132-159, 2017.

 

GIUSTO, M.N.S.; RIBEIRO, V.M. Implementação de Políticas Públicas: conceito e principais fatores intervenientes. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa, v. 4, p. 1-10, 2019.

 

GOMES, S.; MELO, F.Y.M. Por uma abordagem espacial na gestão de políticas públicas educacionais: Equidade para superar desigualdades. Educação & Sociedade, v. 42, p. 1, 2021.

 

GOMES, Sandra. Políticas Nacionais e Implementação Subnacional: uma revisão da descentralização pós-Fundef. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 52, p. 659-690, 2009.

 

GUSMÃO, J. B.; RIBEIRO, V. M. A política educacional do Acre e os resultados do Ideb. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos RBEP-INEP, v. 97, p. 472-489, 2016.

 

GUSSI, A. F., OLIVEIRA, B. R. Políticas públicas e outra perspectiva de avaliação: uma abordagem antropológica. Revista Desenvolvimento Em Debate.v.4, n.1, p.83-101, 2016.

 

KASMIRSKI, P.; GUSMÃO, J.; RIBEIRO, V. O Paic e a equidade nas escolas de ensino fundamental cearenses. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo. Fundação Carlos Chagas, v. 28, n. 69, p. 848-872, 2017.

 

LIMA, Maria de Fátima Magalhães. Seleção de diretores e o sentido da gestão escolar: percepções de diretores sobre o plano de gestão. Educar em Revista, v. 37, p. 1-22, 2021.

 

LIMA, Maria de Fátima Magalhães; PAES DE CARVALHO, Cynthia. Transição para o ensino médio: Gestão de política de correção de fluxo e trajetórias escolares. Archivos analíticos de políticas educativas. v. 29, p. 51, 2021.

 

LOPES, V. P. M.; SILVA, A. A. Responsabilidade social empresarial e ativismo social na educação pública do município de Feira de Santana. GERMINAL: MARXISMO E EDUCAÇÃO EM DEBATE, v. 12, p. 348-364, 2020.

 

LOTTA, Gabriela Spanghero; BAUER, Marcela; JOBIM, Rita; MERCHÁN, Catherine Rojas. Efeito de mudanças no contexto de implementação de uma política multinível: análise do caso da Reforma do Ensino Médio no Brasil. Rev. Adm. Pública, v. 55, 2021.

 

MAMEDE, M.; RIBEIRO, V. M.; BROCCOLICHI, S.; CRUZ, M. C. M. T.  Um caso extremo de redução das desigualdades escolares no Ceará (Brasil). Estratégia e eficácia da política implementada. Cahires de la Recherche sur I´Education et les Savoirs, v. 20, p. 119-147, 2021.

 

MAMEDE, Maíra de Araújo. O corpo docente frente às políticas de educação prioritária na França: formação, entrada no trabalho e trajetórias profissionais. Dossiê - Novas e velhas formas de regulação da gestão dos sistemas educacionais. Educ. Rev, 2020.

 

MAMEDE, Maíra; NETTER, Julien.  Former pour lutter contre les inégalités. Recherche et formation, v. 87, 2018, p. 9-14.

 

MARQUES, L. R.; ANDRADE, E. F.; AZEVEDO, J. M. Pesquisa em política educacional e discurso: sugestões analíticas. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. v. 33, n. 1, p. 55-71, 2017.

 

MARTINS, E. C. C.; CALDERÓN, A. I. Avaliação educacional: fatores contextuais de eficácia escolar em cenários de alta vulnerabilidade social. Pesquisa e debate em Educação, v.10, p. 1138-1159, 2020.

 

MARTINS, E. C. C.; CALDERON, A. I. Boas práticas e elevado desempenho escolar em contexto de vulnerabilidade social com referência aos resultados do IDEB. Educação em Debate (UFC), v. 38, p. 130-144, 2016.

 

MARTINS, E. C. C.; CALDERÓN, A. I. Boas práticas escolares e avaliação em larga escala: a literatura ibero-americana em questão. Estudos em Avaliação Educacional (Online), v. 26, p. 264-293, 2015.

MEIRA, Marina; BONAMINO, Alícia. Contribuições dos estudos de implementação para a análise de políticas educacionais: uma breve discussão do contexto de implementação da BNCC. Educar em Revista, Curitiba, v. 37, 2021.

 

MOTA, M. O.; BIAR, L. A.; RAMOS, M. E. N. A implementação do Programa de Alfabetização na Idade Certa no Estado do Ceará. Revista de estudios teóricos y epistemológicos en política educativa, v. 4, p. 1-17, 2019.

 

MUYLAERT, N. Contribuições da Ciência Política para o campo educacional: o burocrata de nível de rua. EDUCAÇÃO ON-LINE (PUCRJ), v. 14, p. 1-9, 2019.

 

MUYLAERT, N. Diretores escolares: burocratas de nível de rua ou médio escalão? RCE Revista Contemporânea de Educação - UFRJ. v.14, n.31, 2019.

 

NASCIMENTO COCK, J. C. A.. Articulação de políticas na formulação e implementação do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência. In: 13ª Reunião Regional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação Anped - Sudeste, Campinas, SP, 2018.

 

OLIVEIRA JUNIOR, R. G.; CALDERON, A. I. Sistema de avaliação de rendimento escolar do Estado de São Paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção científica brasileira (1996-2011). Ensaio (Fundação Cesgranrio. Impresso), v. 22, p. 939-976, 2014.

 

OLIVEIRA, A. C. P. ; PAES DE CARVALHO, C. Gestão escolar, liderança do diretor e resultados educacionais no Brasil. REVISTA BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO, v. 23, p. 1-18, 2018.

 

OLIVEIRA, A. C. P.; PARADA, I. P.; CRUZ, L. G. M. Gestão Educacional em tempo de pandemia: o que propõem as redes municipais da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. RAÍZES E RUMOS. v.8, p.9 - 35, 2020.

 

OLIVEIRA, B. R.; COELHO, J. I. F.; LAUDARES, E. M. A. Educação a Distância e Políticas Nacionais de Formação de Professores: Evidências de Implementação em uma Perspectiva Multinível. Revista De Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa, v. 29, p. 149-152, 2021.
 

OLIVEIRA, A. C. P.; WALDHELM, A. P. S. Liderança do diretor, clima escolar e desempenho dos alunos: qual a relação? Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v.24, p.824 - 844, 2016.


OLIVEIRA, A. G. L. S.; Batista, J. M.; VIDAL, V. S. R. Os reflexos dos resultados da avaliação em larga escala nos repasses da cota-parte do ICMS aos municípios cearenses.
CONEDU, 2019.

 

OLIVEIRA, Ana Cristina. A Implementação das políticas educacionais: tendências das pesquisas publicadas (2007-2017). Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa, v.4, p.1- 16, 2019.

OLIVEIRA, B. R. A implementação do Programa Bolsa Família sob a perspectiva da condicionalidade educacional: uma análise a partir dos agentes públicos de base. Revista do Serviço Público Brasília, v. 65, p. 517-544, 2014.

 

OLIVEIRA, B. R.; OLIVEIRA, A. C. P.; JORGE, G. M.S.; COELHO, J. I. F. Implementação da educação remota em tempos de pandemia: análise da experiência do Estado de Minas Gerais. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 1, p. 84–106, 2021.

 

OLIVEIRA, B. R.; PEIXOTO, M. C. L. Educação, pobreza e programas de transferência de renda: A implementação do Programa Oportunidades no México. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, v. 27, p. 1-29, 2019.

 

OLIVEIRA, B. R.; PEIXOTO, M. C. L. Street-Level Bureaucracy and Public Policies Analyzing Educational Policy Implementation from the perspective of schools and teachers. Educação em Revista, Belo Horizonte, v.37, 2021.

 

OLIVEIRA, Breynner Ricardo. A implementação de políticas educacionais no nível micro uma análise a partir dos profissionais da escola no contexto da prática. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa, v. 4, p. 1-17, 2019.

 

OLIVEIRA, Breynner Ricardo; DAROIT, Doriana. Public policy networks and the implementation of the Bolsa-Família Program: An analysis based on the monitoring of school attendance. ARCHIVOS ANALÍTICOS DE POLÍTICAS EDUCATIVAS, v. 28, p. 120, 2020.

 

PAES DE CARVALHO, C.; OLIVEIRA, A. C. P.; LIMA, M. F. M. Avaliações externas: tensões e desafios para a gestão escolar. Estudos em Avaliação Educacional (IMPRESSO), v.25, p. 50-76, 2014.

 

PEREIRA, Lays; VÓVIO, Claudia Lemos. Concepções de linguagem e justiça na proposta curricular de língua portuguesa do Estado do Ceará: uma análise discursiva de um dos dispositivos do PAIC. Revista Brasileira de Alfabetização, n.13, 2020.

 

RAMOS, M. E. N.; MUYLAERT LIMA, N. C. Efeitos não previstos de uma política nacional: Unforeseen effects on pnaic implementation. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 29, n. 1, 2020.

 

RIBEIRO, V. M.; GUSMÃO, J. B.; REZENDE, W. S.; VIEIRA, S. L. Características da política educacional do Acre (1999 a 2010) e repercussões sobre a capacidade estatal e a equidade. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, V.28, 2020.

 

RIBEIRO, V.M; BONAMINO, A.; MARTINIC, S. Implementação de políticas educacionais e equidade: regulação e mediação. Cadernos de Pesquisa, 2020.

 

RIBEIRO, Vanda Mendes. Que princípio de justiça para a educação básica? Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas. Impresso), v. 44, p. 1094-1109, 2014.

 

RIBEIRO, Vanda Mendes. Um caminho metodológico para identificar redes de ensino mais justas na educação básica. Revista Brasileira de Sociologia, v. 4, p. 171-190, 2016.

 

SCALABRIN COUTINHO, A.; CÔCO, V. Educação Infantil, políticas governamentais e mobilizações em tempos de pandemia. Práxis Educativa, [S. l.], v. 15, p. 1–15, 2020.

 

SEGATTO, C. I.; ABRUCIO, F. L. Os múltiplos papéis dos governos estaduais na política educacional brasileira: os casos do Ceará, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Pará. Revista de Administração Pública (Impresso), v. 52, p. 1179-1193, 2018.

 

SEGATTO, C. I.; EXNER, M. K.; ABRUCIO, F. L. Gestores escolares como gerentes de nível de rua: Tipologia de diretores em escolas municipais brasileiras. Arquivos Analíticos De Políticas Educativas, 2021.

 

SEGATTO, Catarina Ianni; EUCLYDES, Fillipe Maciel; ABRUCIO, Fernando. Capacidades Estatais e seus efeitos nas políticas municipais de educação. Cadernos Gestão Pública e Cidadania - São Paulo, v. 26, n. 84, 1-19, 2021.

 

SILVA, L. G. A. O Plano de Ações Articuladas e o regime de colaboração: promessas não cumpridas de fortalecimento das relações de colaboração entre os municípios e a união. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 33, n. 2, p. 337-354, 2017.

 

STRELEC, T. C.; COSTA, V. M. F. Cooperação intergovernamental: classificação, características e formatos à luz da experiência brasileira. Revista Iberoamericana de Estudios Municipales, v. 14, p. 37-62, 2016.

 

STRELEC, Thamara Caroline; COSTA, Valeriano Mendes Ferreira; CALDERON, Raquel Gallego. Consórcio de educação de Barcelona: evidências de gestão compartilhada de serviços educativos via consórcios públicos. REVISTA BRASILEIRA DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, v. 34, p. 689-710, 2019.

 

TEODORO, W. L.; MARTINS, E. C. C.; CALDERON, A. I. Eficácia escolar e boas práticas em regiões socialmente vulneráveis: um estudo de caso. REVISTA ELETRÔNICA DE EDUCAÇÃO (SÃO CARLOS), v. 15, p. 1-20-20, 2021.

 

TORRES, H. G.; GOMES, S.; PAVEZ, T.; FUSARO, E. Perfis do professorado da rede pública de São Paulo: a interação entre espaço, regras institucionais e escolhas individuais no resultado de uma política pública. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 53, p. 125-158, 2010.

 

TRIPODI, Z. F.; SOUSA, S. Z. A governança em rede na regulação da educação básica mineira: quem governa o quê? Educação em Revista, v. 32, n.04, p. 297-321, 2016.

 

VIEIRA, S. L.; VIDAL, E. M.; FREITAS, P. F.; BATISTA, A. A. G. Reações das políticas educacionais estaduais nas escolas: um estudo de caso em escolas do Ceará, Goiás, Pernambuco e São Paulo. Cadernos Cenpec, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 51-79, 2016.

DEMAIS PRODUÇÕES

HECK, R. H.; CHANG, J. Examining the Timing of Educational Changes Among Elementary Schools After the Implementation of NCLB. Educational Administration Quarterly, v. 53, n. 4, p. 649-694, 2017. 

 

LIOU, Y. Tied to the Common Core - Exploring the Characteristics of Reform Advice Relationships of Educational Leaders. Educational Administration Quarterly, v. 52, n. 5, p. 793-840, 2016. 

 

BOTLER, A. M. H. Repercussões das políticas educacionais na organização escolar: o fator tempo entre a autonomia e a regulação. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 31, n. 1, p. 107 - 124 jan./abr. 2015. 

 

DAVIS, T. E. State and Federal Policies for School Facility Construction - A Comparison of Michigan and Ohio. Educational Administration Quarterly, v. 51, n. 1, p. 3-26, 2015). 

 

LOTTA, G. S. Agentes de implementação: uma forma de análise de políticas públicas. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, São Paulo, v. 19, n. 65, Jul./Dez. 2014. 

 

MACHADO, C.; FREITAS, P. F. Gestão escolar e avaliação externa: Experiências de escolas da Rede Municipal de São Paulo. Revista Eletrônica de Educação (São Carlos), v. 8, p. 113-126, 2014.

 

FRANÇA, M. Plano Nacional de Educação e o regime de colaboração: os indicadores educacionais e financeiros. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 30, n. 2, p. 417-433 mai./ago. 2014. 

 

MAYER, A. M.; DONALDSON, M.L.; LECHASSEUR, K.; WELTON, A. D.; COBB, C. D. Negotiating Site-Based Management and Expanded Teacher Decision Making - A Case Study of Six Urban Schools. Educational Administration Quarterly, v. 49, n.5, p. 3-51, 2013.

ÉRNICA, M.; BATISTA, A. A. G. A escola, a metrópole e a vizinhança vulnerável. Cadernos de Pesquisa, v.42 n.146 p. 640-666 maio/ago. 2012. 

 

TEMPONI, F. MACHADO, L. Políticas de educação em tempo integral, de intersetorialidade e de desenvolvimento local: um diálogo possível? Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, n.3, v.27, p. 361-588, Set/Dez. 2011.

MATSUMURA, L. C.; SARTORIS, M.; BICKEL, D. D.; GARNIER, H. E. Leadership for Literacy Coaching: The Principal’s Role in Launching a New Coaching Program. Educational Administration Quarterly, v. 45, n. 5, p. 655-693, 2009. 

 

MANGIN, M. M. Literacy Coach Role Implementation: How District Context Influences Reform Efforts. Educational Administration Quarterly, v. 45, n. 5, p. 759-792, 2009. 

 

RORRER, A. K; SKRLA, L.; SCHEURICH, J. J. Districts as Institutional Actors in Educational Reform. Educational Administration Quarterly, v. 44, n. 3, p. 307-358, 2008.

 

KRAWCZYK, N. R. O PDE: novo modo de regulação estatal? Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 135, p. 797-815, Dec. 2008. 

 

ALVES, F. Políticas educacionais e desempenho escolar nas capitais brasileiras. Cadernos de Pesquisa, v. 38, n. 134, p. 413-440, maio/ago, 2008. 

 

DOURADO, L. F. Políticas e gestão da educação básica no Brasil: limites e perspectivas. Educação e Sociedade, n.100, v.28, p. 921-946, out. 2007. 

 

VIEIRA, S. Políticas e gestão da educação básica: revisitando conceitos simples. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, n.1, v.23, p. 53-69, Jan/Abr. 2007. 

bottom of page