PRODUÇÕES DA REIPPE

Tiago Lisboa Bartholo e Mariane Campelo Koslinski (coord. Técnica) (2021). Aprendizagem na educação Infantil e Pandemia: Um estudo em Sobral/CE. Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal. 

Tiago Lisboa Bartholo e Mariane Campelo Koslinski (2021). A pandemia e as desigualdades de oportunidades de aprendizagem na educação infantil. Estudos Em Avaliação Educacional, 32, e08314.

Ângela Scalabrin Coutinho. Cintia Cardoso. A educação e o cuidado dos bebês na pandemia: uma análise a partir das relações geracionais, raciais e de gênero. Revista Zero-a-Seis, Florianópolis, v. 23, n. Especial, p. 175-194, jan./jan., 2021. Universidade Federal de Santa Catarina. ISSN 1980-4512. 

 

Silvana Menegoto Nogueira Di Giusto; Vanda Mendes Ribeiro; Claudia Lemos Vóvio. A implementação do PNAIC em território vulnerável no município de São Paulo. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 16 , n. 4 , p. , 2021.(FAPESP)

 

Gustavo Adolf Fichter Filho; Breynner Ricardo de Oliveira e Jianne Inês Fialho Coelho. A trajetória das Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação docente no Brasil: uma análise dos textos oficiais. RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. esp. 1, p. 940-956, mar. 2021. 

Catarina Ianni Segatto - Fillipe Maciel Euclydes - Fernando Abrucio. Capacidades Estatais e seus efeitos nas políticas municipais de educação. Cadernos Gestão Pública e Cidadania | São Paulo | v. 26 | n. 84 | 1-19 | e-81938 | 2021.

 

Marina Meira e Alícia Bonamino. Contribuições dos estudos de implementação para a análise de políticas educacionais: uma breve discussão do contexto de implementação da BNCC. Educar em Revista, Curitiba, v. 37, e78979, 2021.  

 

Maíra Mamede, Sylvain Broccolichi, Vanda Mendes Ribeiro e Maria do Carmo Meirelles Toledo. Des variations d’inégalités scolaires imputables aux politiques menées? Les configurations céariennes et françaises mises en perspective. CRES – Cahiers de la Recherche sur l’Éducation et les Savoirs, França, numéro thématique n. 20 “Politiques de lutte contre les inégalités éducatives: comparaisons et contextes”, 2021.

 

Oliveira, B. R., Coelho, J. I. F. & Laudares, E. M. A. (2021). Educação a distância e políticas nacionais de formação de professores: Evidências de implementação em uma perspectiva multinível. Education Policy Analysis Archives, 29(151).

 

Gabriela Spanghero Lotta, Marcela Bauer, Rita Jobim & Catherine Rojas Merchán. Efeito de mudanças no contexto de implementação de uma política multinível: análise do caso da Reforma do Ensino Médio no Brasil. Rev. Adm. Pública 55 (2) • Mar-Apr 2021.

 

Teodoro, W. L, Martins, Edivaldo Cesar Camarotti e Adolfo Ignacio Calderón. Eficácia escolar e boas práticas em regiões socialmente vulneráveis: um estudo de caso. Revista Eletrônica de Educação (SÃO CARLOS), v. 15, p. 1-20-20, 2021.

 

Segatto, C. I., Exner, M. K., & Abrucio, F. L. (2021). Gestores escolares como gerentes de nível de rua: Tipologia de diretores em escolas municipais brasileiras. Arquivos Analíticos De Políticas Educativas, 29(January - July), 62.

 

Oliveira, B. R. de; Oliveira, A. C. P. de; Jorge, G. M. dos S.; COELHO, J. I. F. Implementação da educação remota em tempos de pandemia: análise da experiência do Estado de Minas Gerais. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 16, n. 1, p. 84–106, 2021. 

De Aguiar Bravo, M. H. Ribeiro, V. M. Cruz, M. do C. M. T. O programa Aprendizagem na Idade Certa (Paic) segundo artigos acadêmicos brasileiros. Revista on line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 25, n. 3, p. 2910–2932, 2021. 

 

Donoso-Díaz, S., Arias Rojas, Óscar, & Reyes Araya, D. (2021). Orçamento da educação pública e macro-política educacional chilena: resultados e discussões. Cadernos De Pesquisa, 51, e07557.

Mota, M. O.; Bonamino, Alícia BONAMINO, ALICIA . Percepções sobre o Prêmio Escola Nota Dez. In: Eloisa Maia Vidal; Anderson Gonçalves Costa. (Org.). Responsabilização Educacional no Pará: trajetórias e evidências. 01 ed.Brasília DF: ANPAE, 2021, v. 01, p. 217-229

 

Erisson Viana Correa, Alicia Bonamino e Ignácio Cano. Há efeitos sistêmicos do prêmio escola nota 10 sobre os resultados do PAIC?. In: Eloisa Maia Vidal; Anderson Gonçalves Costa. (Org.). Responsabilização Educacional no Pará: trajetórias e evidências. 01 ed.Brasília DF: ANPAE, 2021, v. 01, p. 180-197. 

Calderón, Adolfo-Ignacio; Borges, Regilson Maciel. Políticas de formação docente: Confrontos e tensões no Estado de São Paulo no início da década de 2010. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 37, p. 1-15, 2021. 

 

Boullosa, Rosana de Freitas, Oliveira, Breynner Ricardo de, Araújo, Edgilson Tavares de, & Gussi, Alcides Fernando (2021). Por um antimanual de avaliação de políticas públicas. Revista Brasileira de Avaliação.

 

Gomes, S.; Melo, F.Y.M. Por uma abordagem espacial na gestão de políticas públicas educacionais: Equidade para superar desigualdades. Educação & Sociedade, v. 42, p. 1, 2021.

 

Lima, Maria de Fátima Magalhães de. Seleção de diretores e o sentido da gestão escolar: percepções de diretores sobre o plano de gestão. Educar em Revista, v. 37, p. 1-22, 2021.

Oliveira, B. R., & Peixoto, M. C. L. Street-Level Bureaucracy and Public Policies Analyzing Educational Policy Implementation from the perspective of schools and teachers. Educação em Revista | Belo Horizonte|v.37|e219212|2021 

 

Donoso-Díaz, S., Arias-Rojas, O., & Reyes-Araya, D. (2021). Tendencias del financiamiento público y dilemas de la política educacional chilena (1999-2018). Lecturas De Economía, (95), 167–197.

Petri, C.M.M.; Cruz, M.C.M.; Cunha, S.F.; DJRDJRJAN, T.B.; Strelec, T.C. (Orgs.) Transição de gestão em iniciativas de colaboração intermunicipal em educação: panorama e relato de experiências pelo Brasil. São Paulo: Fundação Itaú para Educação e Cultura, 2021. 

Lima, Maria de Fátima Magalhães de; Paes de Carvalho, Cynthia . Transição para o ensino médio: Gestão de política de correção de fluxo e trajetórias escolares. Archivos analíticos de políticas educativas/ Education Policy Analysis Archives, v. 29, p. 51, 2021.

Rodrigues, A, F.; Hsia, P. M.; Brasiliense Carneiro, J.M.(Org.). A Gestão da Educação em municípios e consórcios. 1 ed.São Paulo: Oficina Municipal, 2020, v. 1, p. 66-84. 

A.; FARIA, A. R. Atas do IV Encontro Luso-Brasileiro Trabalho Docente e Formação de Professores: Profissão docente, investigação e sociedade: diálogos múltiplos. Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Lisboa, 2020, p. 539-545.

 

Martins, E. C. C.; Calderón, Adolfo-Ignacio . Avaliação educacional: fatores contextuais de eficácia escolar em cenários de alta vulnerabilidade social. Pesquisa e debate em Educação, v.10, p. 1138-1159, 2020.

 

RIBEIRO, V. M., Gusmão, J. B., Rezende, W. S., & Vieira, S. L. (2020). Características da política educacional do Acre (1999 a 2010) e repercussões sobre a capacidade estatal e a equidade. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, 28(145). 

 

PEREIRA, Lays; VÓVIO, Lemos; Claudia. Concepções de linguagem e justiça na proposta curricular de língua portuguesa do Estado do Ceará: uma análise discursiva de um dos dispositivos do PAIC. Revista Brasileira de Alfabetização | ISSN: 2446-8584 | Número 13 - 2020 (FAPESP)

 

HSIA, P. M. ; STRELEC, T. C. ; CRUZ, M. C. M. T. Consórcios intermunicipais no fortalecimento das capacidades institucionais dos municípios na educação: oportunidades e barreiras. In: Rodrigues, A. F; Hsia, P.M.; Brasiliense Carneiro, J.M. (Org.). A Gestão da Educação em municípios e consórcios. 1 ed.São Paulo: Oficina Municipal, 2020, v. 1, p. 66-84. 

 

Scalabrin Coutinho, A.; CÔCO, V. . Educação Infantil, políticas governamentais e mobilizações em tempos de pandemia. Práxis Educativa, [S. l.], v. 15, p. 1–15, 2020. DOI: 10.5212/PraxEduc.v.15.16266.088.

 

Ramos, M. E. N.; Muylaert Lima, N. da C. . Efeitos não previstos de uma política nacional: Unforeseen Effects on PNAIC Implementation. Revista Temas em Educação, [S. l.], v. 29, n. 1, 2020. 

CRUZ, M do C.M Toledo; FARAH, M.F. Santos; RIBEIRO, V.M. Estratégias de gestão da educação e equidade: o caso do programa aprendizagem na idade certa (mais PAIC). RPGE– Revista on-line de Política e Gestão Educacional, Araraquara, v. 24, n. 3, p. 1286-1311, set./dez. 2020. e-ISSN:1519-9029. (FAPESP) 

 

OLIVEIRA, A. C. P.; PARADA, I. P.; CRUZ, L. G. M. Gestão Educacional em tempo de pandemia: o que propõem as redes municipais da Região Metropolitana do Rio de Janeiro. RAÍZES E RUMOS. , v.8, p.9 - 35, 2020. 

 

RIBEIRO, V.M; BONAMINO, Alícia; MARTINIC, Sergio. Implementação de políticas educacionais e equidade: regulação e mediação. Cadernos de Pesquisa 50 (177) - Jul-Sep 2020 (FAPESP) 

 

Maíra de Araujo Mamede. O corpo docente frente às políticas de educação prioritária na França: formação, entrada no trabalho e trajetórias profissionais. Dossiê - Novas e velhas formas de regulação da gestão dos sistemas educacionais • Educ. rev. 36 • 2020

  

Rozatto, K. D. S. S. ; Silva, Antonia Almeida . Os labirintos da gestão da educação: dos conceitos às metamorfoses no contexto da nova gestão pública. In: Antonia Almeida Silva; Solange Mary Moreira Santos; Selma Barros Daltro de Castro. (Org.). A GESTÃO DA EDUCAÇÃO NA BAHIA E OS PROCESSOS PARTICIPATIVOS EM MOVIMENTO. 1ed.Curitiba: CRV, 2020, v. 1, p. 15-34.

 

Oliveira, B. R., & Daroit, D. (2020). Public policy networks and the implementation of the Bolsa-Família Program: An analysis based on the monitoring of school attendance. Education Policy Analysis Archives, 28(120). This article is part of the special issue, Researching 21st Century Education Policy Through Social Network Analysis, guested edited by Emily Hodge, Joshua Childs, and Wayne Au.

 

RIBEIRO, Vanda Mendes ; BONAMINO, ALICIA MARIA CATALANO DE ; Paes de Carvalho; Cynthia . Reflexões e Aprendizagens. In: Mello, Janine; Ribeiro, Vanda Mendes; Lotta, Gabriela; Bonamino, Alícia; Carvalho, Cynthia Paes de.. (Org.). Implementação de políticas e atuação de gestores públicos : experiências recentes das políticas de redução das desigualdades. 1aed.Brasília: IPEA, 2020, v. , p. 259-272

LOPES, V. P. M. ; SILVA, A. A. . Responsabilidade social empresarial e ativismo social na educação pública do município de Feira de Santana. GERMINAL: MARXISMO E EDUCAÇÃO EM DEBATE, v. 12, p. 348-364, 2020.

 

Oliveira, B. R. A implementação de políticas educacionais no nível micro uma análise a partir dos profissionais da escola no contexto da prática. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa, v. 4, p. 1-17, 2019. 

MOTA, M. O. ; BIAR, L. A. ; RAMOS, M. E. N. . A implementação do Programa de Alfabetização na Idade Certa no Estado do Ceará. REVISTA DE ESTUDIOS TEÓRICOS Y EPISTEMOLÓGICOS EN POLÍTICA EDUCATIVA ISSN 2409-3696, v. 4, p. 1-17, 2019.

 

GIUSTO, M.N Silvana; RIBEIRO, V.M. A interferência da vulnerabilidade social sobre as oportunidades educacionais nos territórios urbanos. Educação em Perspectiva / Education in Perspective 2019. (FAPESP)

 

BONAMINO, A.M.C.; MOTA, M. O. ; RAMOS, M. E. N. ; CORREA, ERISSON VIANA . Arranjo institucional de implementação do PAIC e burocratas de médio escalão. In: Lotta, Gabriela. (Org.). Teorias e Análises sobre Implementação de Políticas Públicas no Brasil. 1ed.Brasília: ENAP, 2019, v. , p. 193-224.

 

STRELEC, THAMARA CAROLINE; COSTA, VALERIANO MENDES FERREIRA ; CALDERON, RAQUEL GALLEGO. Consórcio de educação de Barcelona: evidências de gestão compartilhada de serviços educativos via consórcios públicos. REVISTA BRASILEIRA DE POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, v. 34, p. 689-710, 2019.

 

MUYLAERT LIMA, N. da C. Contribuições da ciência política para o campo educacional: o burocrata de nível de rua. Revista do programa de pós-graduação Educação Online PUC-RIO. maio a agosto de 2019. 

 

COUTINHO, A. S.; ALVES, T. Desigualdade de acesso à Educação Infantil: uma análise da da meta 1 do PNE na região metropolitana de Maringá. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, v. 35, n. 75, p. 194-217, mai./jun. 2019.

 

MUYLAERT LIMA, N. da C. Diretores escolares: burocratas de nível de rua ou médio escalão? RCE Revista Contemporânea de Educação UFRJ. V.14, N.31(2019)

 

Oliveira, B. R., & Peixoto, M. C. L. (2019). Educação, pobreza e programas de transferência de renda: A implementação do Programa Oportunidades no México. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas, 27(71).

 

OLIVEIRA, A. C. P. Implementação das políticas educacionais: tendências das pesquisas publicadas (2007-2017). Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa. , v.4, p.1 - , 2019.

 

BONAMINO, ALICIA; CARVALHO, Cynthia Paes de ; RIBEIRO, Vanda Mendes ; OLIVEIRA, Breynner. Implementação de Políticas Educacionais: debates teóricos e problematizações. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa - RETEPE, v. 4, p. 1-3, 2019.

 

GIUSTO, M.N Silvana; RIBEIRO, V.M. Implementação de Políticas Públicas: conceito e principais fatores intervenientes. Revista de Estudios Teóricos y Epistemológicos en Política Educativa, v. 4, p. 1-10, 2019. (FAPESP)

 

Batista, José & Linard, Ana & Oliveira, Sírio & Silva, Vivian & Vidal, Rodrigues & Paula, Ana & Lima, Sousa & Bandeira Andriola, Wagner. (2019). Os reflexos dos resultados da avaliação em larga escala nos repasses da cota-parte do ICMS aos Municípios Cearenses.

 

Oliveira, B. R., & Peixoto, M. C. L. Trazendo à tona aspectos invisíveis no processo de implementação de políticas públicas uma análise a partir do Programa Oportunidades. ORG Implementando Desigualdades: Reprodução de Desigualdades na Implementação de Políticas Públicas IPEA 2019. Capitulo 27 pg.637 a 656.

FERNANDES, F. S. Algumas reflexões em torno da análise epistemológica de políticas educacionais. Revista de estudios teóricos y epistemológicos en política educativa. 2018, v.3, p.1-19. ISSN 2409-3696. 

 

NASCIMENTO COCK, J. C. A. Arranjo institucional de implementação de políticas: contribuições teóricas e analíticas para uma análise do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid). In: CAETANO, A. P.; FREIRE, I. P.; CAVALCANTE, M. 

 

NASCIMENTO COCK, J. C. A. Articulação de políticas na formulação e implementação do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid). Anais da 13ª Reunião Regional Sudeste Anped. Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2018. 

 

Maíra Mamede et Julien Netter, « Former pour lutter contre les inégalités », Recherche et formation [En ligne], 87 | 2018, mis en ligne le 30 avril 2018 URL : http://journals.openedition.org/rechercheformation/3414 

 

OLIVEIRA, A. C. P.; PAES DE CARVALHO, C. Gestão escolar, liderança do diretor e resultados educacionais no Brasil. Revista Brasileira de Educação, v.23, p.12 - , 2018.

 

Miriam Abramovay e Jacques Pain. La escuela y su violencia: el paralelismo Francia – Brasil. Organização dos Estados Ibero-americanos para Educação, Ciência e Cultura - OEI 2018 Uruguai

 

Coutinho, Ângela S. ., & Tomás, C. . (2018). O lugar das crianças de 0 a 3 anos nas políticas educacionais no Brasil e em Portugal. Laplage Em Revista, 4(2), p.123-132. 

 

Catarina Ianni Segatto & Fernando Luiz Abrucio. Os múltiplos papéis dos governos estaduais na política educacional brasileira: os casos do Ceará, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Pará. Rev. Adm. Pública 52 (6) • Nov-Dec 2018. 

 

FERNANDES, F. S. A educação infantil na agenda: a definição da política pública. Cad. Retratos da Escola. 2017, v.11, n.20, p. 189-202. ISSN 2238-4391.

 

COUTINHO, A. S. As políticas para a educação de crianças de 0 a 3 anos no Brasil: avanços e (possíveis) retrocessos. Laplage Em Revista, 3(1), p.19-28.2017. 

 

COUTINHO, A. S. MORO, Catarina. Educação infantil no cenário brasileiro pós golpe parlamentar: políticas públicas e avaliação. Revista Zero-a-Seis, v. 19 n. 36 (2017): Dossiê: As lutas pela Educação Infantil: políticas, direitos e pedagogias.

 

FERNANDES, F. S.; DOMINGUES, J. R. Educação infantil no estado de São Paulo: condições de atendimento e perfil das crianças. Educ. Pesqui. [online]. 2017, vol.43, n.1, pp.145-160. ISSN 1517-9702.

 

DE OLIVEIRA, M. MARINA.PAES DE CARVALHO, C. Enfrentando o fracasso escolar no nível local: a atuação discricionária de professores e diretores escolares na implementação de uma política educacional. p.21 a 28 capítulo 23 do Boletim de Análise Político-Institucional. Implementação de políticas e desigualdades. Nº13 Out.2017. 

Mary Garcia Castro, Miriam Abramovay. Gênero e cuidado em políticas: salas de acolhimento do projovem urbano. Cadernos de Pesquisa v.47 n.163 p.264-291 jan./mar. 2017. 

 

FERNANDES, F. S.; GIMENES, N.; DOMINGUES, J. R. Mulheres e filhos menores de três anos: condições de vida. Cad. Pesqui. [online]. 2017, vol.47, n.163, pp.320-341. ISSN 0100-1574.

 

KASMIRSKI, P.; GUSMÃO, J.; RIBEIRO, V. O Paic e a equidade nas escolas de ensino fundamental cearenses. Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, Fundação Carlos Chagas, v. 28, n. 69, p. 848-872, set./dez. 2017.

 

SILVA, L. G. A. O Plano de Ações Articuladas e o regime de colaboração: promessas não cumpridas de fortalecimento das relações de colaboração entre os municípios e a união. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 33, n. 2, p. 337 - 354, mai./ago. 2017.

 

FRANCO, K. O.; CALDERÓN, A. I. O Simave à luz das três gerações de avaliação da educação básica. Estudos em Avaliação Educacional (Online), v. 28, p. 132-159, 2017

MARQUES, L. R.; ANDRADE, E. F.; AZEVEDO, J. M. Pesquisa em política educacional e discurso: sugestões analíticas. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. v. 33, n. 1, p. 055 - 071, jan./abr. 2017.

 

STRELEC, Thamara Caroline. Relações intergovernamentais no contexto educacional brasileiro: um estudo a partir dos acordos de cooperação nas políticas públicas em educação. 2017. 1 recurso online (343 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP.

 

TRIPODI, Z. F.; SOUSA, S. Z. A governança em rede na regulação da educação básica mineira: quem governa o quê? Educação em Revista, v. 32, n.04, p. 297-321, 2016.

 

GUSMÃO, J. B.; RIBEIRO, V. M. A política educacional do Acre e os resultados do Ideb. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos RBEP -INEP, v. 97, p. 472-489, 2016. 

 

COUTINHO, A. S., & Silveira, A. D. (2016). As políticas de priorização para o acesso ao direito à educação infantil em creches. Revista Trama Interdisciplinar, 7(2). 

 

MARTINS, E. C. C.; CALDERON, A. I. Boas práticas e elevado desempenho escolar em contexto de vulnerabilidade social com referência aos resultados do IDEB. Educação em Debate (UFC), v. 38, p. 130-144, 2016. 

 

​FERNANDES, F. S. Capacidade institucional: uma revisão de conceitos e programas federais de governo para o fortalecimento da administração pública. Cad. EBAPE.BR [online]. 2016, vol.14, n.3, pp.695-704. ISSN 1679-3951. 

 

STRELEC, T. C.; COSTA, V. M. F. Cooperação intergovernamental: classificação, características e formatos à luz da experiência brasileira. Revista Iberoamericana de Estudios Municipales, v. 14, p. 37-62, 2016. 

 

OLIVEIRA, A. C. P.; WALDHELM, A. P. S. Liderança do diretor, clima escolar e desempenho dos alunos: qual a relação? Ensaio. Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v.24, p.824 - 844, 2016. 

 

CALDERON, A. I.; FEDRE, J. P. José Querino Ribeiro. O fayolismo na administração escolar e a defesa da eficiência dos serviços educacionais. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 32, p. 358-604, 2016.

 

GUSSI, A. F., Oliveira, B. R. Políticas públicas e outra perspectiva de avaliação: uma abordagem antropológica. Revista Desenvolvimento em Debate.v.4, n.1, p.83-101, 2016.

VIEIRA, S. L.; VIDAL, E. M.; FREITAS, P. F.; BATISTA, A. A. G. Reações das políticas educacionais estaduais nas escolas: um estudo de caso em escolas do Ceará, Goiás, Pernambuco e São Paulo. Cadernos Cenpec, São Paulo, v. 6, n. 2, p. 51-79, jul./dez., 2016.

 

RIBEIRO, VANDA MENDES. Um caminho metodológico para identificar redes de ensino mais justas na educação básica. Revista Brasileira de Sociologia, v. 4, p. 171-190, 2016.

 

MARTINS, E. C. C.; CALDERÓN, A. I. Boas práticas escolares e avaliação em larga escala: a literatura ibero-americana em questão. Estudos em Avaliação Educacional (Online), v. 26, p. 264-293, 2015.

 

BATISTA, A. A. G.; MELLO, H. D. A.; FREITAS, P. F.; RIBEIRO, V. M.; GUSMAO, J. B.; BARRETTO, E. S.; LUGLI, R. S. G.; NOVAES, L. C.; ALTENFELDER, A. H. Currículos para os anos finais do Ensino Fundamental: concepções, modos de implantação e usos. Estudos e Pesquisas Educacionais, v. 5, p. 15-144, 2015. 

 

​CALDERON, A. I.; RAQUEL, B. M. G.; CABRAL, E. S. O Prêmio Escola nota 10: meritocracia e cooperação para a melhoria do desempenho escolar. Ensaio (Fundação Cesgranrio. Impresso), v. 23, p. 517-540, 2015.

 

BATISTA, A. A. G.; BARRETTO, E. S. S.; GUSMÃO, J. B.; RIBEIRO, V. M. Renovação dos documentos curriculares dos anos finais do ensino fundamental nos estados brasileiros: (2009-2014). Cadernos Cenpec, São Paulo, v. 5, n. 2, p. 138-165, jul./dez. 2015. 

 

Oliveira, B. R. A implementação do Programa Bolsa Família sob a perspectiva da condicionalidade educacional: uma análise a partir dos agentes públicos de base. Revista do Serviço Público Brasília 65 (4): 517-544 out/dez 2014.

 

PAES DE CARVALHO, C.; OLIVEIRA, A. C. P.; LIMA, M. F. M. Avaliações externas: tensões e desafios para a gestão escolar. Estudos em Avaliação Educacional (IMPRESSO), v.25, p.50 - 76, 2014.

 

RIBEIRO, VANDA MENDES. Que princípio de justiça para a educação básica?. Cadernos de Pesquisa (Fundação Carlos Chagas. Impresso), v. 44, p. 1094-1109, 2014.

 

OLIVEIRA JUNIOR, R. G.; CALDERON, A. I. Sistema de avaliação de rendimento escolar do Estado de São Paulo: mapeamento e tendências temáticas da produção científica brasileira (1996-2011). Ensaio (Fundação Cesgranrio. Impresso), v. 22, p. 939-976, 2014.

 

COSTA, M.; KOSLINSKI, M. C. Quase-mercado oculto: disputa por escolas "comuns" no Rio de Janeiro. Cadernos de Pesquisa, v.41 n.142 jan./abr. 2011.

 

TORRES, H. G. ; GOMES, S. ; PAVEZ, T. ; FUSARO, E. . Perfis do professorado da rede pública de São Paulo: a interação entre espaço, regras institucionais e escolhas individuais no resultado de uma política pública. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 53, p. 125-158, 2010.

 

GOMES, S.. Políticas Nacionais e Implementação Subnacional: uma revisão da descentralização pós-Fundef. Dados (Rio de Janeiro. Impresso), v. 52, p. 659-690, 2009.

DEMAIS PRODUÇÕES

HECK, R. H.; CHANG, J. Examining the Timing of Educational Changes Among Elementary Schools After the Implementation of NCLB. Educational Administration Quarterly, v. 53, n. 4, p. 649-694, 2017. 

 

LIOU, Y. Tied to the Common Core - Exploring the Characteristics of Reform Advice Relationships of Educational Leaders. Educational Administration Quarterly, v. 52, n. 5, p. 793-840, 2016. 

 

BOTLER, A. M. H. Repercussões das políticas educacionais na organização escolar: o fator tempo entre a autonomia e a regulação. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 31, n. 1, p. 107 - 124 jan./abr. 2015. 

 

DAVIS, T. E. State and Federal Policies for School Facility Construction - A Comparison of Michigan and Ohio. Educational Administration Quarterly, v. 51, n. 1, p. 3-26, 2015). 

 

LOTTA, G. S. Agentes de implementação: uma forma de análise de políticas públicas. Cadernos Gestão Pública e Cidadania, São Paulo, v. 19, n. 65, Jul./Dez. 2014. 

 

MACHADO, C.; FREITAS, P. F. Gestão escolar e avaliação externa: Experiências de escolas da Rede Municipal de São Paulo. Revista Eletrônica de Educação (São Carlos), v. 8, p. 113-126, 2014.

 

FRANÇA, M. Plano Nacional de Educação e o regime de colaboração: os indicadores educacionais e financeiros. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 30, n. 2, p. 417-433 mai./ago. 2014. 

 

MAYER, A. M.; DONALDSON, M.L.; LECHASSEUR, K.; WELTON, A. D.; COBB, C. D. Negotiating Site-Based Management and Expanded Teacher Decision Making - A Case Study of Six Urban Schools. Educational Administration Quarterly, v. 49, n.5, p. 3-51, 2013.

ÉRNICA, M.; BATISTA, A. A. G. A escola, a metrópole e a vizinhança vulnerável. Cadernos de Pesquisa, v.42 n.146 p. 640-666 maio/ago. 2012. 

 

TEMPONI, F. MACHADO, L. Políticas de educação em tempo integral, de intersetorialidade e de desenvolvimento local: um diálogo possível? Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, n.3, v.27, p. 361-588, Set/Dez. 2011.

MATSUMURA, L. C.; SARTORIS, M.; BICKEL, D. D.; GARNIER, H. E. Leadership for Literacy Coaching: The Principal’s Role in Launching a New Coaching Program. Educational Administration Quarterly, v. 45, n. 5, p. 655-693, 2009. 

 

MANGIN, M. M. Literacy Coach Role Implementation: How District Context Influences Reform Efforts. Educational Administration Quarterly, v. 45, n. 5, p. 759-792, 2009. 

 

RORRER, A. K; SKRLA, L.; SCHEURICH, J. J. Districts as Institutional Actors in Educational Reform. Educational Administration Quarterly, v. 44, n. 3, p. 307-358, 2008.

 

KRAWCZYK, N. R. O PDE: novo modo de regulação estatal? Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 135, p. 797-815, Dec. 2008. 

 

ALVES, F. Políticas educacionais e desempenho escolar nas capitais brasileiras. Cadernos de Pesquisa, v. 38, n. 134, p. 413-440, maio/ago, 2008. 

 

DOURADO, L. F. Políticas e gestão da educação básica no Brasil: limites e perspectivas. Educação e Sociedade, n.100, v.28, p. 921-946, out. 2007. 

 

VIEIRA, S. Políticas e gestão da educação básica: revisitando conceitos simples. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, n.1, v.23, p. 53-69, Jan/Abr. 2007.